O QUE É A FOTODEPILAÇÃO?

Você conhece o procedimento que mais conquistou pessoas nos últimos tempos? A fotodepilação é um procedimento duradouro e praticamente indolor realizado por uma luz pulsada intensamente (IPL).

Os equipamentos têm a ponta congelada o que faz o tratamento ser praticamente indolor, além disso, tem configurações de luz e intensidades variadas. Outro ponto a ser considerado é que em alguns casos pode-se ver o resultado desde a primeira sessão.

É importante ressaltarmos que não existe um método definitivo para eliminação de pelos, apenas métodos duradouros e entre eles a Fotodepilação e depilação a Laser, ambos com excelentes resultados, mas tecnologias diferentes.

QUANTAS SESSÕES SÃO NECESSÁRIAS?

Para garantir um bom resultado em ambos os procedimentos o ideal é em torno de 8 sessões. Isso por que o que define o resultado é o ciclo do crescimento do pelo, e isso varia de pessoa para pessoa. Assim como, o tempo de duração para a manutenção do tratamento que pode ir de 6 meses a dois anos.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE FOTODEPILAÇÃO E DEPILAÇÃO A LASER?

Na Fotodepilação a luz intensa pulsada é indolor, isso por que ela é um feixe e luz que espalha durante a aplicação, tornando o tratamento menos agressivo sem colocar em risco o resultado final. Já a depilação a laser é um feixe único, sendo assim um tratamento bastante agressivo gerando dor ao paciente.

A luz da fotodepilação abrange uma área maior, fazendo com que a aplicação seja mais rápida, além disso, emite uma luz mista com vários comprimentos de ondas, que podem chegar a 1.200 nanômetros, sendo assim é possível personalizar o tratamento de acordo com as características do cliente.

Esse é considerado um dos melhores métodos, primeiro por se tratar de um procedimento indolor, isso ocorre devido ao sistema de refrigeração integrado ao aparelho, outro motivo para ele ser o queridinho é o fato de ser mais rápido e apresentar resultados já nas primeiras sessões.

DURANTE O TRATAMENTO

Temos que ressaltar que durante o tratamento não se deve utilizar cera quente ou fria. Os pelos podem ser retirados com lâminas, cremes, ou qualquer método que apare os pelos e não os retire.

POR QUE EVITAR O PROCEDIMENTO CASEIRO?

Atualmente no mercado já existem aparelhos de Fotodepilação caseiro, apesar de terem intensidades menor do que os de uma clínica especializada eles devem ser evitados.

Os principais riscos do procedimento feito em casa são queimaduras e manchas na pele, além disso, causa a sensação de secura, hiperpigmentação e formação de crostas ou danos oculares, caso não sejam trabalhados com equipamentos adequados.

Por isso, procure sempre um profissional adequado para qualquer tratamento estético!

Para mais informações, entre em contato conosco.